Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Sobre nós

Sobre nós 2018-08-09T11:37:59+00:00

Quem somos?

Situado no concelho de Fafe, o Centro Social da Paróquia São Martinho de Medelo é uma IPSS presidida pelo padre Manuel Carvalho que, através da Igreja, realiza um trabalho de proximidade e apoio aos grupos mais frágeis da sociedade. Com as valências de Creche, Pré-escolar, Centro de Atividades de Tempos Livres, Centro de Dia, Serviço de Apoio Domiciliário, Estrutura Residencial para Pessoa Idosa e Unidade de Cuidados Continuados. O Centro Social tem nesta última valência a mais recente vocação, que em parceria com o Hospital de Guimarães, procura realizar um trabalho de qualidade junto das populações.

Junto da população e através de um olhar cristão, o Centro Social da Paróquia São Martinho de Medelo tem vindo a realizar, desde a década de 90, um trabalho ímpar junto da comunidade e dos grupos mais frágeis da sociedade. A instituição Particular de Solidariedade Social localizada no concelho de Fafe, começou pelas mãos do pároco de então, Joaquim Flores.

O trabalho desenvolvido nos últimos 15 anos levou a um enorme crescimento e desenvolvimento na prestação de serviços por parte dos técnicos e de todos os trabalhadores auxiliares que integram o Centro Social, permitindo um aumento do número de valências e serviços que beneficiam a população local.

Presidido pelo padre Manuel Carvalho, esta Instituição foi crescendo tendo por base a formação humana e cristã de todos os que com ela se relacionam, quer como colaboradores, fornecedores ou utentes. Com três polos, o de S. Martinho, o de Santa Teresinha e o de São José, a instituição conta com valências direcionadas para a infância e juventude, para os idosos e para os doentes. O edifício dedicado à infância e juventude denomina-se de Santa Teresinha. A sua construção foi um desafio pois, praticamente sem comparticipações do Estado e de apoios externos, criar uma obra tão importante para crianças e adolescentes foi muito difícil.

A ideia da construção de um espaço para os mais idosos surgiu na mesma altura. A obra tinha que ficar ao nosso espírito, porque sempre pensei e propus ao arquiteto uma obra muito simples, funcional e objetiva. Tanto o edifício de Santa Teresinha como São José têm estas características e objetivos para dar uma resposta adequada a todos os utentes e também para ser economicamente, mais em conta”.

As Valências

Com as valências a surgirem devido às necessidades da população, a instituição paroquial possui 68 crianças em creche, 50 em pré-escolar, 50 em CATL. Já para os mais idosos, o centro possui 50 utentes no serviço de apoio domiciliário, cinco em centro de dia e 48 em estrutura residencial para pessoa idosa. A IPSS possui, ainda, uma unidade de cuidados continuados de média duração com 10 camas; uma de longa duração com 22 camas e 12 camas que estão ao Serviço do Hospital de Guimarães para utentes que aguardam vaga em Unidades.

O Centro Social da Paróquia S. Martinho de Medelo procura cada vez mais cultivar a qualidade e o melhor apoio possível para toda comunidade. Assim, apresenta-se com os seguintes documentos estruturantes:

Missão: 

“Configurar-se como um rosto visível de solidariedade, de referência, de unidade e transmissão de valores com profissionalismo e humanismo, criando um ambiente equilibrado e estável, promotor da originalidade de cada um.

Potenciar a formação do “eu” e do outro, num contexto de fé cristã, permitindo o aperfeiçoamento coletivo para ser um exemplo ação social.”

Visão: 

“Responder de forma sustentada às necessidades sociais, promovendo novas formas de resposta e implementando um Sistema de Gestão da Qualidade em todas as respostas, nunca deixando de parte a realização da missão Cristã de melhorias na estrutura existente.”

Valores:

  • “Solidariedade – responder às necessidades sociais na área de intervenção, partilhando valores cristãos.
  • Humanismo – assegurar o respeito pela dignidade humana.
  • Espírito Crítico – intervir criticamente no funcionamento da instituição, diversificando a participação de todos os agentes.
  • Profissionalismo – apostar na formação contínua e motivação de todos os colaboradores.
  • Versatilidade – promover o desejo de aspiração social e da capacidade de aprendizagem em diferentes domínios.”